domingo, 16 de janeiro de 2011

A MASMORRA - PARTE 2

Após 1 semana da ultima sessão do Ano, Dono me avisa de sua vinda novamente para minha casa.
De antemão me avisa que dessa vez não iria perder o ônibus porque queria e terminar o que começou na masmorra.

Eu já estava aflita com a história da masmorra, dei que fazer para esconder os ganchos na parede, coloquei quadro, armário, mancebo, tudo que deu para
esconder. Tempo perdido, o que Dono fez dessa vez pos meu trabalho a perder e eu terei que ter uma criatividade imensa para disfarçar dessa vez.

Ele realmente conseguiu o que tanto desejou. Olhem só como ficou.

Eu sei vocês vão dizer que tá uma confusão de fios e argolas. Depois que me virem pressa lá, vão entender a idéia total dele.

Para essa visita do Dono eu preparei algo que a muito tempo eu notei que Ele tinha o fetiche.

Não é nada comum, e não fiz por desrespeito a religião de ninguém, apenas como escrava que sou, fiz aquilo que sabia que agradaria meu Dono.

Ele chegou de carro, 1 hora e 30 minutos antes do horário, me pegou feita empregada domestica fazendo o jantar, cheirando tempero e semi nua, quase morro de vergonha, a sessão humilhação começou por ai. Já foi meu primeiro castigo, me pegou desprevenida rsrsrs

Levei um susto quando o carro buzinou no meu portão, como não costumo receber visitas eu nem fui atender, Ele me ligou buzinando o carro sem parar.

Eu corri na janela e quando o vi, fiz sinal que precisava me vestir. Se não tivesse crianças na rua Ele com certeza me faria ir abrir o portão daquele jeito.

Entrou em casa e já me olhou daquele jeito, reprovando eu não estar de acordo ainda p recebê-lo. Eu me ajoelho e faço as reverencias, Ele passa por mim e diz:

- Café cadela. E vai logo com esse janta que estou faminto.

Vai direto para meu quarto com a mala na mão. Eu já entendi que Ele iria preparar a masmorra, não fazia a mínima idéia do que Ele faria, ainda bem que eu tinha já arrumado tudo no quarto e todas as coisas dEle que guarda aqui estavam disponíveis numa mesa no quarto.

Eu levo o café e ascendo seu cigarro, Ele começa colocar mais ganchos, faz amarras com as cordas, e não me diz nada.

Eu aviso que o jantar está pronto e Ele já terminando o desenho vem ate a mesa.

Após o jantar vai direito para meu note, vi Ele está investigando tudo que andei fazendo, não tive a mínima dúvida, corri para quarto e me visto de freirinha, para amenizar a situação. Só me dei mal nesse dia rsrsrs que delicia.

Chego na sala, onde Ele está de costas e digo bem meiga:

- Dono, mila é uma santa, não fez nada de errado.

Quando Ele se vira para mim e me vê vestida daquele jeito, tem um ataque de riso.

O riso foi tanto que Ele quase cai da cadeira e me diz:

- Irma mila hoje eu te pego de jeito. Vai se lembrar das quantas vezes você quis me torturar na escola.

Eu nada entendi, e de joelhos implorei seu perdão.

Todo ato meu só serviu para instigar mais o sadismo dEle.

Ele me pega pelo braço e me arrasta até a masmorra, levanta meu vestido e dá umas palmadas e me prende nas algemas, me amarra toda lá, e fala sem parar como se eu tivesse cometido um ato grave.

Fico presa lá, e Ele começa a me bater, eu vestida ainda, Ele só levanta meu vestido e manda ver.

Fico presa e Ele coloca prendedores, cordas em volta do meu corpo, e tudo que vai vendo pela frente experimenta em mim.

Sinto que até a respiração dEle está diferente nesse dia.

Ele me bate forte, ficou irritado porque pegou as pontas do chicote dEle que eu andei cortando porque achei elas compridas demais rsrsrs

Ele coloca prendedores nos meus lábios e um peso neles para esticá-los, me bate e puxa a corda pressa aos prendedores. Eu não posso nem gritar, Ele não ligou o radio e isso me deixa apreensiva.

Me deixa pressa ali e vai descançar, eu quase morro de dor presa no X, minhas pernas doem, meu pé está me matando com salto alto, e aquele pesos me torturando, tudo ao mesmo tempo.

Eu sinto sede, sinto dor e Ele me vez por trás bebendo água e me proíbe de olhar, e mesmo que eu tente estou presa de uma forma que me imobiliza toda.

Eu imploro para Ele me soltar e me dar água, Ele apenas molha minha boca com a água. E lentamente começa a me soltar.

Não me dá trégua, e eu já estou entendo que a minha roupinha de freira deu um azar danado para mim. Ele me amarra de pernar abertas na poltroca e estive minhas pernas amarradas nos , e me bate do lado de dentro e na buceta.

Eu não posso negar que senti um tesão enorme, fiquei tonta, mas doeu. Eu suportei ate onde me foi possível e nganchosão precisei pedir que ele parasse, Ele entendeu que eu não suportava mais.

Ele me joga chão e me usa todinha dolorida. Fico um trapo na mão dEle. Mas a freirinha mais realizada que Ele já viu.

É isso que importa para mim, servir, servir e servir, lhe ser útil, fazer parte da fantasia dele, torná-la realidade e no final sentir que pertenço a Ele cada vez mais.

Delicia de sessão, obrigado SIR MAGNO.







8 comentários:

[suave]_HORUS !!! disse...

Amiga
Sei o quanto isso te fez feliz.
Servir plenamente é nosso maior tesão...
Lindas fotos. Imagens deliciosas!
Parabéns.
Saudações ao Dono de ti.
doce beijo
[suave]_HORUS !!!

{umbra}_MD disse...

Simplesmente..
AMEIIII
A teia!!

Linda ..linda mesmo!

Parabéns ao teu Senhor.

(aiii...eu tambem quero uma masmorra assim...só para o Dono e eu!!!!)

Esta cadela aqui,morrendo de inveja!!

Beijos doces linda mila.

{umbra}_MD

{jhessy}SANTIAGO disse...

olha vc bem sapequinha... rss
adorei amiga! fico feliz que estejam tão bem sintonizados.
beijos

{lia}_SirGOEL. disse...

Amiga, simplesmente magnífico...

Adorei e sinceramente, dei tanta risada aqui pensando na sua situação.

Sabe que te adoro e vejo que voce consegue se superar a cada dia....

Parabéns amore

Beijinhos

{lia}_SirGOEL.

lilica{D.E.} disse...

hehehe,

Achei o máximo!
a cada sessão mais sintonia, muita criatividade.
Mas o mais importante,muito tesão, muito prazer com muito carinho e respeito.

Beijossss,

lilica{D.E.}

{ternura}_L.B. disse...

amore chegueiiiiii...

nosssaaa vc comentou comigo sobre a roupinha, mas eu não imaginava que tinha ficado linda assim e tão inspiradora pro seu Dono..nosssaaa deu até pra ouvir a respiração dele daqui...afff....como eu sou exagerada neh?!?!..nem eu me aguento..hehehe... menina e as fotinhos?? lindas e com cada pose deliciosamente doloridas...humm..tbm nao vou ficar com dozinha não, pq to é com muita invejinha mesmo, da boa tá...*pisc..amamos muito tudo isso!!!!..rsss...

a relação de V/vcs é linda e merece toda a criatividade, doação, intimidade, tesão, fantasia de ambas as partes, viva isso amiga ao máximo, vc merece essa felicidade!!!

bjs ternos de amizades a esse C/casal que adoro!!

{ternura}_L.B.

{ÍsisdoEgito}JZ - Tua, somente tua disse...

Linda mila do Senhor Magno,

afastada daqui, do blog Infinito Particular e do msn, por muitos motivos, entre eles, a perda de pessoas amigas na tragédia das serras cariocas, e por problemas de saúde que infelizmente me deixaram uma semana internada no hospital. Sorte minha que foi aqui no Rio, onde fica a minha familia, e que me deu apoio total. Afgora estou me recupernado, e ainda de férias (E que ferias essas não??)

Então, sem poder aproveitar essas ferias que desde o ínicio, não estão sendo benevolentes para muita gente, com as chuvas, vim dizer-lhe que adorei a surpresa que fez para TEU DONO, sim, teu Dono, AQUELE QUE A DEIXA E A FAZ QUERER MOSTRAR A BUNDA, AS COLEIRAS, SEJAM ELAS DUAS TR~ES QUATRO OU QUANTAS ELE DESEJAR LHE DAR, AS ALIANÇAS, A FELICIDADE E A CUMPLICIDADE QUE EXISTE ENTRE VOCES DOIS!!!!

Amore,

os que falam mal, criticam ou condenam, o fazem por não terem o que vivenciar, e talvez por isso não consigam ver a relação maravilhosa de possui de fato uma relação maravilhosa!!!

Sejam felizes...e que continuem falando, rsrs.

Essa roupa de freira, lembrou-me de quando vesti-me assim, para a festa luxuria e antes lógico, para a devida aprovação DELE, para ELE, meu Dono....:D

Beijos carinhosos,

ÍsisdoJun

sub_ ísis disse...

parabéns pelas suas fotos adorei!!
beijos iluminados

sub_ísis