sábado, 3 de julho de 2010

AO DONO


Nao sou uma mulher selvagem

prefiro ser sua brisa suave Dono

aquela que acalanta suas noites

que sob a lua me entrego ao Senhor

que enche seus momentos de prazer com

o cheiro de gozo

que te aquece nos dias frios

pois meu prazer é realizar seu desejos, suas vontade

e sentir seu dominio sobre mim

Um comentário:

DEXPEX_{Amar Yasmine} disse...

Linda menina do Sir Magno!

Somos humanas e, como tal, temos problemas no cotidiano. Mas, as alegrias e delícias que vivemos ao dar prazer aos nossos Donos fazem com que as agruras nos pareçam nada.

Andamos na corda bamba, por vezes descalças sobre espinhos e não podemos nos queixar. Somos absolutamente felizes em nossa submissão. Privilegiadas por estarmos nesta vida aos pés de nosso Donos. Nenhuma mulher pode ser mais feliz e plena do que nós.

Doces besos, amada menina.
Abraço respeitoso ao seu Senhor.

DEXPEX_{Amar Yasmine}