quarta-feira, 6 de outubro de 2010

MINHA RECOMPENSA


Meus olhos se encheram de brilho, ter o Dono só para mim na minha casa...... sempre sonhei com isso, servi-lo por completo.

Jantar a luz de velas, todos os detalhes que preparei com carinho pensando nEle, mesmo crendo que era para outro, quando era exatamente para Ele mesmo. Nesse momento eu vi a importância da obediência, da confiança que precisamos ter no Dono.

Ai de mim, se tivesse tido o impulso de um ato insubmisso. Eu ficaria com tanta raiva de mim mesma se não tivesse obedecido a risca a sua ordem. No mínimo estaria agora envergonhada. Senti-me feliz e aliviada, porque estaria em boas mãos, sendo cuidada e protegida e usada, comemorando uma data importante para nossa D/s, nosso décimo mês juntos.

Dono chega a casa e vai inspecionar tudo, olha cada detalhe de suas ordens, se fiz o que Ele mandou e como mandou, foi como se um Rei tivesse entrado em minha casa, estava tudo em ordem, mesa pronta e preparada.

Ele se senta no sofá e me elogia, diz que ficou muito feliz com tudo que viu, que teria ficado muito decepcionado se não encontrasse tudo como me ordenou.

Faço minha reverência a Ele, eu me ajoelho diante dEle, beijo seus sapatos, desamarro e os tiros de seus sapatos aliando seus pés que estavam cansados da viagem, deito-me com a cabeça no chão e Ele me pisa com sua autoridade dominante sobre mim, enchendo meu coração minha alma com sua presença.

Faço-me de banquinho para suas pernas descansarem. Após o descanso Ele respira aliviado e manda buscar o café e o cinzeiro.

Olha o meu PC , estava tudo ligado como se Ele estive do outro lado da salinha me vendo. Ele ri feliz, imaginando a minha situação, minha aflição em obedecê-lo, me conta da satisfação dEle em saber que eu estava fazendo tudo focada nEle.

Um dos meus sonhos se realiza, eu finalmente posso servi-lo como Rei, vamos para mesa, Ele muito calado observando cada detalhe, cada gesto meu em servir seu jantar. Olho para Ele realizada em vê-lo feliz em fazê-lo se sentir um Rei.

Ele me leva para sala e me manda tirar o vestido, me pega pelos cabelos e me debruça na maca de massagens, e estala seu chicote no ar que vai descansar em minhas ancas brancas, se delicia com cada chibatada, me fazendo provar que sou somente dEle.

Posso ver seu olhar, está sedento em me pegar e me por em meu lugar de cadela, me deixar com marcas e assim me leva até o quarto, me coloca uma grossa coleira e me segura em todo tempo junto a Ele, me usa do jeito de mais gosta, me faz gozar e delirar de prazer junto seu prazer até cansar.

Arrasta-me até a toalete como uma vadia, e despeja em minha sua chuva dourada de forma abundante, não deixando nenhum pedaço de mim sem seu liquido.

Como um macho marca seu território, assim Ele fez comigo, sou sua propriedade e é direito dEle me usar da forma que quiser, me impor seu prazer, seu domínio, sua posse sobre sua mera escrava.

É como um registro na minha alma, na minha mente, um coleira invisível, uma marca que num sai do meu coração.

Tomo meu banho como ordenado sob o olhar dele. Logo depois eu o banho como Ele merece, cuido dEle da forma que sei que Ele mais gosta. Dou-lhe mais prazeres e gozos.

Pois é Dono de mim e estou ali a seu serviços, plena em estar a serviço dEle.

Já recomposto vamos para cama, o cubro com carinho e espero ser chamada, pois tenho ali ao lado a minha caminha de cadela pronta.

Para minha alegria Ele me chama para deita-me junto dEle,

Para senti-lo a noite toda, estar sobre a proteção de seus braços, deitada sobre seu peito,

Aninhada em seu corpo, sentindo seu gosto, seu cheiro.

Diz-me de forma suave:

- É meia noite cadela. Parabéns pela sua dedicação e sua entrega a mim, nunca duvidei que cumprisse qualquer ordem minha e a quero sempre assim, submissa, uma gueixa em minhas mãos, consciente de sua condição diante de mim, para uso ou abuso.

Presente da cadela é ficar assim juntinha do Dono, sonhando o sonho mais lindo que uma escrava pode ter. Sentir-se amada e desejada pelo Dono.

Obrigado Amo e Senhor de Mim, obrigado por tanta alegria e prazer que tem me proporcionado.

Sua sempre cadelinha mila.

6 comentários:

{jhessy}SANTIAGO disse...

querida amiga, que linda história de submissão e amor... e o melhor de tudo isso é que não é um conto, é real ! e é tudo muito mágico... perfeito.
como é delicioso ter o colinho do Dono assim ao final...
por favor, parabenize Seu Senhor pela bela maneira de te amar/Dominar e fazê-la feliz.
felicidades ao casal sempre!
{jhessy}SANTIAGO

{ÍsisdoEgito}JZ - Tua, somente tua disse...

Deliciando-me com cada palavra que escreveu mila.....

PARABÉNS AO CASAL!

Beijos carinhosos,

ÍsisdoJun

PS. Senhor Magno, agora fiquei com vontade de provar a macarronada que tua menina fez, embora saiba que o tempero dela é somente para o senhor. Mais deixou-me com agua na boca, com todo respeito.

{ternura}_WOLFMAN disse...

querida menina,

como te disse no msn aguardava ansiosa pela continuação desse relato, e como sempre pude absorver suas sensações.

sei da sua entrega peso ouro e sei que nunca decepcionaria seu Dono, assim como ele tbm sabe.

Agradeço mais uma vez por vc compartilhar a celebração dessa linda entrega, esses momentos tão maravilhosos com seu Dono e Sr.

Qto orgulho deve sentir seu Dono, por ter em mãos ser humano encantador na forma de uma verdadeira submissa.

Parabéns aos dois!!

Saudações Sr
bjkas ternas
querida menina

carinhosamente
{ternura}_WOLFMAN

[{mila}]MAGNO disse...

Minhas amadas amigas que bom que meu relato aqui deixou voces louquinhas rsrsrsr
é sempre bom a gente sentir que pessoas que vivem o BDSM real estão proximas a nós e podemos compartilhar nossas histórias.
Sou muito grata a voces minhas queridas amigas por sempre virem aqui no meu cantinho.

beijos a voces jhessy, Isis, ternura

P.S. Isis vamos marcar a macarronada, hummmmm delicia

SIR MAGNO DOMINADOR disse...

Realmente ficaram muito boas as postagens, MAS CARECEM DE MINHAS CORREÇÕES.

1 - Em nenhum momento tive qualquer tipo de dúvida de que minha cadelinha cumpriria minhas ordens.
Fiz todo esse teatro por puro sadismo e deleitar-me com as dúvidas, sofrimentos e desesperos dela e também

2 - Eu nâo falei metade dessas palavras que ela colocou nessa segunda postagem, mas a safada leu em meus olhos e sentiu nos meus afagos que era tudo isso que se passava em minha mente naquele momento. Não coloquei-a nem para dormir na caminha de cadela porque Eu desejava servir-me dos seus carinhos e do calor e macies do seu corpo.

Cara {IsisdoEgito}JZ tenha certeza de a macorronada seria feita com o mesmo carinho, pois ela coloca-o em tudo que faz ainda mais sendo preparada para uma amiga. E até tesão ela teria ao preparar, pois com certeza ela teria em mente estar me representando. São esses entre outros fatos que me fazem ter orgulho da escrava que tenho......Quem sabe uma hora temos o prazer de receber a ti e a teu Senhor para um almoço.

E as outras meninas grato pelo apoio e elogios e bjos respeitosos a todas.

Parabéns cadela e beijos orgulhosos e sedentos do teu Dono

SIR MAGNO

[{mila}]MAGNO disse...

Amado Dono, o que posso fazer a ti para recompensá-lo desses mimos que tens me dado?
Eu estou muito feliz em servi-lo e realizada em minha submissão.
O Senhor extrae de mim até o que eu penso não ter, até o que o eu penso não ser capaz de fazer.
Por isso eu te amo cada dia mais Dono, e meu tesão só aumenta...rsrs
Dono tem momentos que parecem que estou sonhando, não me acordem por favor ...


te amo e me orgulho do Senhor, me orgulho em ser sua


lambidas suculentas

sua cadelinha vadia e sedenta